Blog Jair Sampaio

Blog Jair Sampaio

O serviço de segurança russo FSB (antiga KGB) afirmou nesta terça-feira (12), em Moscou, que desarticulou uma suposta trama terrorista que planejava realizar atentados durante as festas de Ano-Novo (réveillon) e a próxima campanha eleitoral para as eleições presidenciais de 2018.

?No curso de uma operação do FSB na região de Moscou foi desmantelado um grupo de pessoas oriundas de países da Ásia Central, que planejava realizar atentados terroristas, incluindo ataques suicidas, durante as festas de Ano Novo e a campanha das eleições presidenciais?, disse o diretor do FSB, Alexander Bortnikov.

Acrescentou que os detidos tinham em seu poder artefatos explosivos de fabricação caseira, armas de fogo e munição.

Em uma reunião do Comitê Nacional Antiterrorista que ele também preside, Bortnikov apontou que ? ao longo de 2017 ? mais de mil militantes foram detidos e outros 78 eliminados pelas forças de segurança. As informações são da agência de notícias EFE.

A Rússia também impediu durante este ano que mais de 80 pessoas viajassem ao exterior com o objetivo de combater nas fileiras jihadistas, detalhou.

?Foram adotadas medidas adicionais para desmantelar o funcionamento de mais de 2 mil recursos terroristas e extremistas na rede. Foi restrito o acesso a cerca de 1.500 sites?, acrescentou o diretor do FSB.

Por Agência Brasil